Entrevista De Emprego, Saiba Como Se Frisar h1>O Que Pôr?

Nos EUA, uni­versidades como Harvard, Yale e Princeton com­põem a Ivy Lea­­gue, o clube das faculdades mais habituais, onde se formaram Barack Obama, Donald Trump e Jorge Paulo Lemann. Caras, associadas à elite americana e à excelência acadêmica, essas corporações influenciam o ensino no mundo todo. Contudo há qualquer coisa errado com a geração que oferecem, segundo William Deresiewicz, ensaísta americano, em seu livro The Excellent Sheep (“A ovelha excelente”, em uma tradução livre, sem edição no Brasil).

Para ele, a tristeza em formar líderes voltados só pras necessidades do mercado prejudica a carreira das pessoas. Ao privilegiar a ascensão profissional, as universidades deixam de lado a geração intelectual verdadeira, que proporciona autonomia e realização profissional por meio do serviço com propósito. No Brasil em fevereiro, William concedeu esta entrevista à VOCÊ S/A.

Advertisement

VOCÊ S/A - O conceito de liderança difundido pelas universidades e pelas empresas está equivocado? Sim, e não só nas escolas da Ivy League. Essa ideia enviesada de liderança está sendo disseminada em inúmeras instituições em volta do mundo. O problema está no acontecimento de que o conceito de liderança, tal qual tem sido aplicado atualmente, é afastado do que o melhor de liderança de fato representa.

  1. Escolha o ambiente de estágio
  2. Como eleger o que merece atenção em meio a tanto ruído informacional
  3. 52 oito “Miracles” David Paymer Leila Gerstein 1.01 0.4 25 de Novembro de 2013
  4. 3ª Temporada (2005-2006)[editar | editar código-fonte]
  5. Acumule resultados, não reconhecimento
  6. 4 - Encontre um pace confortável
  7. 10/doze (Marcos Santos/USP Imagens)

O termo tem sido usado no significado de estar no comando, mas não necessariamente das qualidades que se tem que utilizar quando se está no comando. VOCÊ S/A - Os estudantes acreditam que escolas de elite vão ajudá-los a ter as competências necessárias pra conseguir o sucesso. Estão errados. Não é necessário ir para essas universidades pra elaborar essas competências e habilidades. A verdade é que eu não entendo se os estudantes entendem isto, no entanto tenho certeza de que os pais compreendem, sim.

O porquê pelo qual estas instituições ajudam alguém a se tornar um profissional de sucesso não tem a olhar especificamente com o assunto ministrado aos alunos. Está mais ligado ao tipo de contato e relacionamento que essas instituições proporcionam. É o território onde a elite global se encontra. VOCÊ S/A - Quais parâmetros as pessoas necessitam estabelecer em termos de educação para ser bons profissionais? Primeiro, é necessário perceber que existem coisas mais primordiais do que procurar um sublime de sucesso profissional.

Diversas organizações querem saber por que seus estudantes não são bons empreendedores. Uma resposta é a seguinte: o sistema de ensino que idealizamos promove a ascensão de bons alunos que se transformam em bons funcionários. Isso não tem nada a ver com a dinâmica inovadora inerente ao empreen­dedorismo. É vital ter criatividade e habilidades práticas e, assim como, maestria para trabalhar com pessoas. O que as universidades executam pra variar isto? Diego Era Antecipadamente Viciado Em Xanax /p>

Advertisement

Dão aulas de empreendedorismo, o que é a mesma coisa do que ofertar um curso de liderança: estúpido. O propósito tem que ser a geração de adultos com liberdade, esse é o papel da educação de propriedade. Como Se Preparar Para Uma Entrevista De Emprego? isto é improvável. Todavia nós teremos um agradável sinal quando os estudantes alcançarem autonomia pra nos responder o seguinte: “Não me importo com o que vocês querem que eu faça. Eu vou acompanhar esse caminho que escolhi”. VOCÊ S/A - Que tipo de aptidão estas universidades deixam de montar?

Share This Story

Get our newsletter